segunda-feira, 9 de abril de 2012

Santa paciência...

Às vezes eu perco a paciência ao lidar com clientes diariamente.
Então ao fim de 8 horas de trabalho já quase não se consegue ouvir nada do que dizem, ou melhor ouvimos, mas a paciência é que vai escasseando.

Acho curioso como cada cliente pensa que é único e decide contar a vida toda como se nós tivessemos todo o tempo do mundo para os ouvir. 
Depois, há clientes que querem a situação resolvida "AGORA!". Se ouvem alguma frase do estilo "vai ter de aguardar que..." interrompem logo aos berros!...
Há clientes que já vêm com a intenção de reclamar. Se no entender deles a conversa não correr como eles querem  há queixas sobre o funciomanento da instituição, sobre o atendimento, sobre a postura da pessoa que está a atender até do tom de voz reclamam.

No meu caso raramento verifico manifestações de descontentamento sobre a minha postura, mas como não agradamos a gregos e a troianos já ouvi algo do género "você devia ter uma postura mais personalizada e profissional!". Esta voz masculina irritou-me de tal modo... Daqui a bocado querem que lhes sirvamos café e bolinhos enquanto dados a informação de que precisam, ou então fazemos conversa de "bla bla" enquanto outros clientes esperam...

Santa paciência. Há pessoas muto bem educadas, mas para quem lida diariamente com clientes apanha cada susto. Como é possível tamanha má educação e pouco saber estar.

Cá para mim muita boa gente aproveita para descarregar o stress do dia a dia em pessoas, isto é, funcionários de outras instiruições porque sabem que em atendimento ao público generalizado ninguém pode ser mal educado.

2 comentários:

  1. Eu sei que enerva,mas tens que ter calma...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tenho muita paciência, mas depois de tanto tempo atrabalhar na mesma área começa a ser um saturante. Há dias bons e outros menos bons. Acho que ontem não foi um dia lá muito satisfatório. Hoje já foi diferente :)

      Eliminar